CARRAPATOS

Os carrapatos são pequenos aracnídeos parasitas que necessitam de sangue para sobreviver e se reproduzirem. Esses insetos andam e se agarram no hospedeiro, possuem uma relação próxima com as aranhas e ácaros e podem atacar uma variedade grande de animais, como cães, pássaros, gatos e humanos. O período em que mais são encontrados é no início da primavera e se prolonga até o fim do verão. Podem ser encontrados em todos os cantos, desde áreas urbanas a parques e se proliferam rapidamente. Carrapatos possuem um ciclo de vida complexo que inclui ovos, larvas, ninfas e adultos machos e fêmeas. A larva, as ninfas e os adultos precisam de sangue, mas geralmente é a fêmea adulta é que mais causa mordidas, já que  é comum que os machos morram após a copulação.

Os carrapatos carregam seus próprios parasitas, estes que podem causar doenças muito graves em animais e seres humanos, uma vez que penetram na corrente sanguínea. No Brasil não há um tratamento preventivo contra as doenças do carrapato, por isso, é muito importante que você como dono sempre mantenha a higiene do seu cão e canil. 

DOENÇAS TRANSMITIDAS 

  • Babesiose

Severa anemia que pode danificar o fígado, os rins e o baço, sendo o primeiro sintoma uma febre de mais de 40 º C e a urina fica escura por causa da presença de sangue.  Algumas vezes, a doença causa sintomas neurológicos, como ranger de dentes ou comportamento trôpego, e os cachorros morrem dentro de quatro dias. No Brasil, a maior incidência de casos de Babesiose se dá no nordeste, sendo menos comum nos estados do Sul e do Sudeste.

  • Erliquiose

Produz uma ampla variedade de sintomas, desde sangramento nasal, febre de até 41º C e a supressão do sistema imunológico. São encontrados casos da doença em todas as regiões do Brasil.

  • Lyme

No Brasil foram encontrados focos em São Paulo, Santa Catarina e no Rio Grande do Norte. O carrapato precisa sugar de 12 a 24 horas para transmitir a doença, cães com doença de Lyme geralmente mancam, ficam desanimados e têm febre alta.

  • Febre maculosa

Causa febre alta, rigidez, respiração difícil, vômito, diarréia, edema na pata e no focinho, e finalmente, sangramento nasal, na urina e nas fezes. A febre maculosa pode ser uma doença muito grave, levando muitas vezes à hospitalização, registrando seqüelas ou até mesmo casos fatais. No Brasil, mais notados estão em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia e Pernambuco.

  • Paralisia do carrapato

Causada por uma neurotoxina existente na saliva do carrapato que, vagarosamente, paralisa o hospedeiro em um período de 48 a 72 horas. Se todos os carrapatos forem removidos, a paralisia normalmente desaparece em cerca de um dia.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

 

BARATAS

As baratas existem há milhões de anos e essas pragas urbanas possuem mais de 5.000 espécies ao redor do mundo, podendo transmitir doenças através das suas patas e dejetos. A maioria das espécies são onívoras, comem qualquer coisa e geralmente são atraídas por restos orgânicos, doces e outros alimentos. As baratas domésticas em sua maioria habitam ambientes quentes e úmidos e com grande concentração de lixo, esgotos, inclusive edificações urbanas. As fêmeas são as maiores baratas e podem viver muitos dias sem água e alimento. Os espinhos traseiros que este inseto possui têm a funcionalidade de detectar possíveis ameaças. As baratas podem ocasionar diversos problemas à saúde humana, além de disseminar fungos, bactérias e germes elas podem causar reações alérgicas e atuar como pragas agrícolas.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

Febre Amarela

A febre amarela é uma doença transmitida por mosquitos, geralmente na África, na América Central e na América do Sul. O vírus fica incubado de 3 a 6 dias e a pessoa contaminada tem febre, dor nos músculos, nas costas e de cabeça, tremores, perda de apetite, náusea e vômito. Após 3 ou 4 dias, com tratamento adequado a maioria dos pacientes melhora, mas até 15% das pessoas infectadas desenvolvem uma versão mais grave chamada de fase tóxica. Nesta fase a febre volta, e os sintomas se agravam, podendo conter sangue nas fezes e urina. A atividade dos rins diminui, e existe o risco de insuficiência renal completa. Pode ser difícil identificar a febre amarela, pois os sintomas são semelhantes aos de muitas outras doenças como a malária e a dengue. Um exame de sangue confirmará o diagnóstico de febre amarela. O foco do tratamento da febre amarela é manter o paciente tranqüilo para melhor reagir ao tratamento.

Diferente de outras doenças transmitidas por mosquitos, à febre amarela pode ser evitada com uma vacina, esta que pode ser aplicada em crianças e adultos. A proteção possibilitada com a vacina dura 10 anos. Devido à falta de boa assistência médica em muitas regiões onde ocorre a doença, mais uma vez ela está em alta.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

ABELHAS

As abelhas realizam um importante trabalho, colaboram para a polinização das plantas e também produzem mel. São insetos que pertencem à mesma família das vespas e formigas. Quando chegam à fase adulta, uma abelha mede aproximadamente 2 cm e costumam fazer suas colméias em arvores, em beirais de telhados e em cavernas. O mecanismo de defesa das abelhas é o ferrão, este que só pode ser utilizado uma vez e logo após a ferroada a abelha morre. Para a maioria dos homens, esse veneno não causa danos maiores, porém existem pessoas que são alérgicas a esse veneno, sem falar que dependendo do número de picadas, essas pessoas podem sofrer um choque anafilático, que pode ser fatal.

Existem diversas espécies de abelha e cada uma vive de maneiras diferentes, algumas são sociais, outras solitárias e existem também as parasitas. As espécies sociais vivem agrupadas em colméias, estas que são um exemplo de organização. Cada colméia se organiza da seguinte forma:

Abelha rainha – Copula com vários zangões e tem como tarefa a reprodução, em média mais de mil ovos por dia. Ela é maior que as demais abelhas e tem o abdômen mais claro. É alimentada com geléia real, e vive em média 5 anos. Cada colméia tem apenas uma abelha rainha.

Zangão  – Sua única função é reproduzir, morrendo pouco depois de copular. O zangão nasce de um ovo não fecundado.

Abelhas operárias – São as abelhas que fazem todo o trabalho pesado. Protegem e limpam a colméia, constroem os favos, produzem a cera, cuidam das larvas, buscam e armazenam o alimento. Vivem no máximo 4 meses.

As abelhas produzem a geléia real, a própolis e o mel, dentro da colméia, para servir como alimento. Cada abelha produz, em média, cinco gramas de mel por dia, este que é utilizado pelos homens desde a antiguidade, e era o único alimento doce utilizado antes da produção de açucares. Atualmente, existem criações de abelha, para produzir o mel em grande escala, mais conhecida como apicultura.

ENXAME DE ABELHAS

Apesar de ter uma função importante, as abelhas quando em grandes quantidades acabam por incomodar ou até mesmo causar danos físico ao seres humanos.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

FORMIGAS

As formigas são insetos muito comuns de encontrarmos em qualquer lugar, pois se adaptam bem a todos os tipos de ambientes e climas. Apesar de seu tamanho, podem causar grandes infestações pelo fato de que sempre andam em grandes colônias. Essas colônias são regidas por uma formiga rainha, esta que tem como função a reprodução e vive aproximadamente 18 anos.

As formigas sentem o cheiro de alimentos e rastros através de suas pequenas antenas, percebemos isso quando vemos que as mesmas nunca se perdem de uma trilha e também pelo fato de manterem total organização em seu formigueiro.

Abaixo separamos mais algumas características destes insetos:

– Alimentam-se principalmente de sementes e restos vegetais

– Comunicam-se entre si através de liberação de feromonas

– Algumas formigas podem picar e passar um tipo de ácido que pode irritar a vítima no local afetado 

– Além da rainha, num formigueiro existem  as sentinelas, as operárias e as enfermeiras, cada uma com sua função bem definida

– O acasalamento da formiga rainha acontece num vôo nupcial. Após a fecundação o macho morre e a rainha perde as asas antes mesmo de botar os ovos

– Comprimento desses insetos está na média de 1 cm

– Conseguem carregar folhas muito além de seu próprio peso

– A coloração depende da espécie, mas a maioria são vermelhas ou pretas

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.