Arquivos da categoria: Artigos

Febre Amarela

A febre amarela é uma doença transmitida por mosquitos, geralmente na África, na América Central e na América do Sul. O vírus fica incubado de 3 a 6 dias e a pessoa contaminada tem febre, dor nos músculos, nas costas e de cabeça, tremores, perda de apetite, náusea e vômito. Após 3 ou 4 dias, com tratamento adequado a maioria dos pacientes melhora, mas até 15% das pessoas infectadas desenvolvem uma versão mais grave chamada de fase tóxica. Nesta fase a febre volta, e os sintomas se agravam, podendo conter sangue nas fezes e urina. A atividade dos rins diminui, e existe o risco de insuficiência renal completa. Pode ser difícil identificar a febre amarela, pois os sintomas são semelhantes aos de muitas outras doenças como a malária e a dengue. Um exame de sangue confirmará o diagnóstico de febre amarela. O foco do tratamento da febre amarela é manter o paciente tranqüilo para melhor reagir ao tratamento.

Diferente de outras doenças transmitidas por mosquitos, à febre amarela pode ser evitada com uma vacina, esta que pode ser aplicada em crianças e adultos. A proteção possibilitada com a vacina dura 10 anos. Devido à falta de boa assistência médica em muitas regiões onde ocorre a doença, mais uma vez ela está em alta.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

ABELHAS

As abelhas realizam um importante trabalho, colaboram para a polinização das plantas e também produzem mel. São insetos que pertencem à mesma família das vespas e formigas. Quando chegam à fase adulta, uma abelha mede aproximadamente 2 cm e costumam fazer suas colméias em arvores, em beirais de telhados e em cavernas. O mecanismo de defesa das abelhas é o ferrão, este que só pode ser utilizado uma vez e logo após a ferroada a abelha morre. Para a maioria dos homens, esse veneno não causa danos maiores, porém existem pessoas que são alérgicas a esse veneno, sem falar que dependendo do número de picadas, essas pessoas podem sofrer um choque anafilático, que pode ser fatal.

Existem diversas espécies de abelha e cada uma vive de maneiras diferentes, algumas são sociais, outras solitárias e existem também as parasitas. As espécies sociais vivem agrupadas em colméias, estas que são um exemplo de organização. Cada colméia se organiza da seguinte forma:

Abelha rainha – Copula com vários zangões e tem como tarefa a reprodução, em média mais de mil ovos por dia. Ela é maior que as demais abelhas e tem o abdômen mais claro. É alimentada com geléia real, e vive em média 5 anos. Cada colméia tem apenas uma abelha rainha.

Zangão  – Sua única função é reproduzir, morrendo pouco depois de copular. O zangão nasce de um ovo não fecundado.

Abelhas operárias – São as abelhas que fazem todo o trabalho pesado. Protegem e limpam a colméia, constroem os favos, produzem a cera, cuidam das larvas, buscam e armazenam o alimento. Vivem no máximo 4 meses.

As abelhas produzem a geléia real, a própolis e o mel, dentro da colméia, para servir como alimento. Cada abelha produz, em média, cinco gramas de mel por dia, este que é utilizado pelos homens desde a antiguidade, e era o único alimento doce utilizado antes da produção de açucares. Atualmente, existem criações de abelha, para produzir o mel em grande escala, mais conhecida como apicultura.

ENXAME DE ABELHAS

Apesar de ter uma função importante, as abelhas quando em grandes quantidades acabam por incomodar ou até mesmo causar danos físico ao seres humanos.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

FORMIGAS

As formigas são insetos muito comuns de encontrarmos em qualquer lugar, pois se adaptam bem a todos os tipos de ambientes e climas. Apesar de seu tamanho, podem causar grandes infestações pelo fato de que sempre andam em grandes colônias. Essas colônias são regidas por uma formiga rainha, esta que tem como função a reprodução e vive aproximadamente 18 anos.

As formigas sentem o cheiro de alimentos e rastros através de suas pequenas antenas, percebemos isso quando vemos que as mesmas nunca se perdem de uma trilha e também pelo fato de manterem total organização em seu formigueiro.

Abaixo separamos mais algumas características destes insetos:

– Alimentam-se principalmente de sementes e restos vegetais

– Comunicam-se entre si através de liberação de feromonas

– Algumas formigas podem picar e passar um tipo de ácido que pode irritar a vítima no local afetado 

– Além da rainha, num formigueiro existem  as sentinelas, as operárias e as enfermeiras, cada uma com sua função bem definida

– O acasalamento da formiga rainha acontece num vôo nupcial. Após a fecundação o macho morre e a rainha perde as asas antes mesmo de botar os ovos

– Comprimento desses insetos está na média de 1 cm

– Conseguem carregar folhas muito além de seu próprio peso

– A coloração depende da espécie, mas a maioria são vermelhas ou pretas

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

 

GAFANHOTOS

Uma das conseqüências mais visível a respeito do desmatamento é o aumento de insetos nas cidades, casas e ruas. Mesmo na antiguidade o homem já tinha receio de que os insetos devastassem suas plantações e procurava maneiras de evitar esse incômodo. Hoje essa preocupação ainda existe, mas devido à diminuição de locais apropriados para tal existência eles acabam vindo para as grandes cidades e em alguns casos até mesmo infestando casas ou terrenos.

Um exemplo de inseto que antes era praticamente raro encontrarmos na cidade agora vemos ou ouvimos falar com grande freqüência é o gafanhoto, separamos abaixo algumas características desse inseto:

– A alimentação desses insetos se dá a partir de plantas como citros, soja, pastagens, alfafa, eucalipto, arroz e outros.

– Possui pequenas antenas.

– Tamanho variável, de 1,5 cm a 10 cm, considerando as maiores espécies de gafanhotos do mundo.

– Seus hábitos em geral são solitários, mas os ataques a plantações geralmente ocorrem em grande quantidade.

– Cada fêmea costuma botar de 60 a 100 ovos de uma só vez, e as larvas normalmente nascem na época de inverno.

– Emitem um som característico quando ocorre o atrito entre suas pernas.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.

VESPAS

As vespas são insetos pertencentes à ordem Hymenoptera, a variedade de insetos dessa ordem é muito grande, desde hábitos a características estruturais. Algumas delas vivem sozinhas e possuem cada uma seu próprio ninho, não havendo operários. Entre as que vivem em sociedade estão às grandes vespas, estas com manchas amarelas ou o corpo de cor avermelhada e vivem em colônias formadas por machos, fêmeas e operárias estéreis. As colônias duram aproximadamente um ano, pois as rainhas que nascem na sociedade atravessam o inverno todo e na primavera seguinte, cada uma delas forma uma nova comunidade, os machos e os operários morrem logo no final do outono.

CARACTERÍSTICAS

– Em geral as vespas habitam campos, jardins e construções.

– As larvas são alimentadas com restos de insetos e tecidos de animais em decomposição.

 – Estes insetos são capazes de perceber odores com suas antenas, possuem dois pares de asas, três pares de patas e fortes mandíbulas.

– Seu sistema de visão é formado de dois olhos compostos e três simples. Seus hábitos são diurnos.

– Os ninhos são feitos com uma substância semelhante ao papel, fibras mastigadas.

– Os ninhos das grandes vespas, assim como aquelas com manchas amarelas, são compostos de várias camadas de cubículos dispostas no interior de uma estrutura de formato globular.

– Os primeiros ovos das vespas se transformam em operárias, que continuam o processo de construção do vespeiro e cuidam das crias.

– O tamanho das vespas varia muito de acordo com cada espécie, as maiores podem medir até 5 cm.

– As vespas fêmeas e as operárias possuem um ferrão que utilizam para atacar suas presas ou defender-se dos seus predadores.

– O veneno deste inseto contém uma histamina capaz de dissolver glóbulos vermelhos do sangue. A picada da vespa pode ser fatal para pessoas com sensibilidade ao seu veneno.

– Normalmente as vespas são carnívoras e se alimentam de aranhas, moscas e borboletas, mas algumas comem vegetais também.

– Quando jovens só se alimentam de insetos ou restos deles.

CEPIL EM CURITIBA

Caso esteja com problemas em relação a controle de pragas em Curitiba entre em contato com nossa empresa. Cepil, prezamos pelo seu bem estar e tranqüilidade.